O vereador dos direitos sociais, João Afonso, aponta a existência de fundos imobiliários como uma das principais causas para a proliferação de edifícios abandonados em Lisboa e noutras cidades do país. “Uma das razões maiores para a situação de desertificação no centro da cidade e pela manutenção de muitos prédios vazios tem que ver com a existência dos fundos imobiliários, que foram criados há cerca de uma década, por razões de isenção fiscal”, disse o autarca, ao princípio da noite desta quarta-feira, durante a conferência “Sustentabilidade Demográfica e Regeneração Urbana”, no Centro de Informação Urbana de Lisboa, em Picoas, e inserido no 2º Encontro de Urbanismo.

“Com a criação dos fundos imobiliários, os proprietários de muitos edifícios existentes em Lisboa encontraram uma forma de manter aquilo parado, sem perder muito dinheiro, graças às insenções. E isso é um dos principais problemas por trás do actual estado de coisas, em especial da primeira circular interna até ao centro”, afirmou João Afonso, que considerou estar “demonstrado” que as obras coercivas para essas situações de degradação e abandono “não são uma boa solução”. O vereador defendeu ainda que se deve pensar na criação de “outros modelos de habitação social, pois não são apenas as pessoas pobres que precisam de casa”.

 

Texto: Samuel Alemão

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com