URBANISMO

Bloco de Esquerda, aliado de Medina na vereação, exige investigação a decisões polémicas de Manuel Salgado

Bloco de Esquerda, aliado de Medina na vereação, exige investigação a decisões polémicas de Manuel Salgado

Construção da Torre de Picoas, envolvendo o Grupo Espírito Santo. Projecto de expansão do Hospital da Luz, também do Espírito Santo, envolvendo demolição do quartel do Regimento de Sapadores Bombeiros. Alienação ao Grupo Mello da parcela de terreno municipal conhecida como “Triângulo Dourado”, em Alcântara. Os deputados municipais do Bloco de Esquerda pedem uma investigação urgente e detalhada a estes e a outros eventuais casos decorrentes de decisões assumidas sob tutela do vereador Manuel Salgado (PS) ...
/

Urbanismo

URBANISMO

Bloco de Esquerda, aliado de Medina na vereação, exige investigação a decisões polémicas de Manuel Salgado

Bloco de Esquerda, aliado de Medina na vereação, exige investigação a decisões polémicas de Manuel Salgado

Construção da Torre de Picoas, envolvendo o Grupo Espírito Santo. Projecto de expansão do Hospital da Luz, também do Espírito Santo, envolvendo demolição do quartel do Regimento de Sapadores Bombeiros. Alienação ao Grupo Mello da parcela de terreno municipal conhecida como “Triângulo Dourado”, em Alcântara. Os deputados municipais do Bloco de Esquerda pedem uma investigação urgente e detalhada a estes e a outros eventuais casos decorrentes de decisões assumidas sob tutela do vereador Manuel Salgado (PS).
/
Fidelidade começou a vender prédios e no Areeiro duas famílias já têm data para sair

Fidelidade começou a vender prédios e no Areeiro duas famílias já têm data para sair

Na Avenida João XXI, há pelo menos duas famílias em risco de abandonar a casa onde vivem há mais de uma década. Mas poderão vir a ser mais sete. O imóvel pertenceu à Fidelidade até ao passado mês de Agosto, quando a companhia de seguros o vendeu à sociedade Neptunecategory, representada pela imobiliária Square. Poucas semanas antes, os inquilinos já tinham sido notificados pela Fidelidade da não renovação de contrato, mas tiveram pouco tempo para negociar novas condições com a seguradora, uma vez que o prédio foi logo vendido.
/
Medina garante que câmara não aprovará prédio que tape vistas do Miradouro da Senhora do Monte

Medina garante que câmara não aprovará prédio que tape vistas do Miradouro da Senhora do Monte

Apesar de ainda estar em análise, o projecto tem sido motivo de celeuma desde que se tornou público, na semana passada, e merece agora também o repúdio por parte dos eleitos da Assembleia Municipal de Lisboa (AML), através de duas recomendações pedindo a suspensão do licenciamento, uma apresentada pelo MPT e outra pelo PSD.
/
PSD aperta cerco a Salgado e pede investigação aos serviços de urbanismo da Câmara de Lisboa

PSD aperta cerco a Salgado e pede investigação aos serviços de urbanismo da Câmara de Lisboa

As dúvidas e as suspeitas vindas a público, nos últimos dias, são tantas que mais vale investigar. Seguindo este princípio, o PSD quer ver explicados através de uma sindicância os actos de gestão corrente dos serviços de urbanismo da Câmara Municipal de Lisboa CML), nos últimos anos. Também o vereador comunista João Ferreira pede um esclarecimento cabal para se acabar com o “clima de suspeição”.
/
Renovou-se o espaço à volta do metro da Pontinha, mas parque verde da nova Feira Popular tarda em sair do papel

Renovou-se o espaço à volta do metro da Pontinha, mas parque verde da nova Feira Popular tarda em sair do papel

As obras de requalificação na zona envolvente da estação de metro da Pontinha, na freguesia de Carnide, estão praticamente concluídas, gerando elogios dos utentes. Mas ao lado, a construção do Parque Urbano da Pontinha, espaço de 20 hectares onde nascerá a nova Feira Popular de Lisboa, ainda nem sequer arrancou. Fernando Medina prometeu a conclusão das obras até ao final de 2018.
/
Construção de prédio pode obstruir parte da vista do Miradouro da Senhora do Monte

Construção de prédio pode obstruir parte da vista do Miradouro da Senhora do Monte

A construção de um edifício de habitação poderá vir a colocar em risco a integridade da actual vista panorâmica a partir do Miradouro da Senhora do Monte. O receio é manifestado por um grupo de moradores da zona da Graça, através de uma petição, lançada nos últimos dias. O texto alerta ainda para o facto de a construção decorrer numa “zona de risco sísmico, associada a deslizamentos de terras”.
/
Está em preparação uma grande remodelação da Praça do Martim Moniz

Está em preparação uma grande remodelação da Praça do Martim Moniz

Pouco mais de duas décadas após a última intervenção de renovação da Praça do Martim Moniz, está a ser planeada uma grande operação de reabilitação do espaço público daquele local. A Câmara Municipal de Lisboa (CML) encomendou ao ateliê do arquitecto José Adrião um projecto de requalificação dos espaços exteriores de uma das mais mal-amadas praças da capital portuguesa.
/
Comércio grossista tradicional nas ruas da Palma e do Benformoso está em declínio e com os dias contados

Comércio grossista tradicional nas ruas da Palma e do Benformoso está em declínio e com os dias contados

Na zona mais cosmopolita e multicultural da cidade, existe ainda uma Lisboa testemunha de outro tempo e que está, aos poucos, a desaparecer. Os grossistas instalados há mais anos nos arruamentos que vão dar ao Martim Moniz nunca temeram tanto pelo futuro dos seus negócios. Denotando amargura com as mudanças em redor, culpam a Câmara de Lisboa pela degradação do comércio tradicional.
/
Por que é Marvila a freguesia de Lisboa com os preços das casas mais baixos?

Por que é Marvila a freguesia de Lisboa com os preços das casas mais baixos?

Marvila é a freguesia com os preços das casas, por metro quadrado, mais baixos de Lisboa e, segundo um estudo do Instituto Nacional de Estatística (INE), a única onde os valores da habitação continuam a descer. Os preços da maioria dos edifícios, contudo, explicam consultores imobiliários ouvidos por O Corvo, estão a subir. E a procura por casas na zona tem aumentado, apesar do cepticismo dos moradores mais antigos.
/
Loading...

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com