URBANISMO

Arroios e Estrela serão as próximas zonas a beneficiar de casas municipais para famílias em risco de despejo

Arroios e Estrela serão as próximas zonas a beneficiar de casas municipais para famílias em risco de despejo

O programa Habitar o Centro Histórico, que durante 2018 atribuiu uma centena de apartamentos do património municipal a residentes, há mais de cinco anos, em quatro freguesias do coração da capital (Santa Maria Maior, Santo António, São Vicente e Misericórdia), que se encontravam em risco comprovado de despejo, terá uma nova edição em breve. E desta vez será alargada às freguesias da Estrela e de Arroios, garantiu Paula Marques, vereadora da Habitação ...
/

Urbanismo

URBANISMO

Arroios e Estrela serão as próximas zonas a beneficiar de casas municipais para famílias em risco de despejo

Arroios e Estrela serão as próximas zonas a beneficiar de casas municipais para famílias em risco de despejo

O programa Habitar o Centro Histórico, que durante 2018 atribuiu uma centena de apartamentos do património municipal a residentes, há mais de cinco anos, em quatro freguesias do coração da capital (Santa Maria Maior, Santo António, São Vicente e Misericórdia), que se encontravam em risco comprovado de despejo, terá uma nova edição em breve. E desta vez será alargada às freguesias da Estrela e de Arroios, garantiu Paula Marques, vereadora da Habitação.
/
Câmara de Lisboa assume não ter forma de evitar que exista “quem tenha um BMW e ocupe habitação municipal”

Câmara de Lisboa assume não ter forma de evitar que exista “quem tenha um BMW e ocupe habitação municipal”

É frequente ouvirem-se relatos de pessoas que, apesar de denotarem claros sinais exteriores de riqueza, continuam a beneficiar de acesso a habitação social da autarquia. A Câmara Municipal de Lisboa (CML) garante, porém, estar fora do alcance das suas competências a fiscalização desses eventuais indícios de afluência desproporcionada em relação ao apoio reivindicado. “A Câmara não é fiscal das finanças, nem dos bens eventualmente detidos indevidamente por cidadãos da cidade", diz a vereadora da Habitação.
/
Lapa está “descaracterizada” e nela constroem-se empreendimentos de luxo “à toa”, criticam moradores

Lapa está “descaracterizada” e nela constroem-se empreendimentos de luxo “à toa”, criticam moradores

As transformações urbanísticas e arquitectónicas em curso na Lapa, na freguesia da Estrela, não agradam à maioria dos habitantes desta zona nobre da cidade. Muitos dizem que os novos prédios são “horríveis” e consideram “desajustados” os materiais utilizados face ao restante edificado do bairro. Aos imóveis antigos têm sido acrescentados andares, numa zona conhecida por casas com menos de três pisos, e abertas garagens, assim os desvirtuando. Há quem não veja, porém, nenhum problema nas alterações.
/
As muitas formas da água na arquitectura da freguesia da Misericórdia, bem no centro de Lisboa

As muitas formas da água na arquitectura da freguesia da Misericórdia, bem no centro de Lisboa

O livro “Arquitectura da Água na Freguesia da Misericórdia”, lançado há poucas semanas pela junta de freguesia daquela área da zona central de Lisboa, recorda a importância da distribuição e do fornecimento do precioso líquido na forma como se foi construindo ao longo dos séculos na capital. Da autoria de Paulo Figueiredo e de distribuição gratuita, a publicação tem o mérito de nos fazer voltar a olhar para infraestruturas tão importantes para a cidade, como o Reservatório da Patriarcal, no Príncipe Real, concluído em 1864, mas também para equipamentos de uso mais localizado, como o Chafariz de São Paulo (1849) e o Lago da Praça das Flores (1859).
/
Manuel Salgado assegura que “choque” com impacto visual do novo hospital CUF Tejo mudará com o fim da obra

Manuel Salgado assegura que “choque” com impacto visual do novo hospital CUF Tejo mudará com o fim da obra

O vereador do Urbanismo da Câmara Municipal de Lisboa (CML), Manuel Salgado, admite que até ele ficou admirado com o impacto visual causado pelo novo hospital CUF Tejo, em construção em Alcântara, mas pede paciência aos cépticos. O cenário deverá mudar substancialmente, diz, aquando do término da trabalhos de edificação do imóvel. Uma confissão e uma garantia feitas na tarde desta quarta-feira (19 de Dezembro). “É evidente, hoje choca a imagem que lá está, é um facto", diz.
/
Bloco de Esquerda apoia ocupações ilegais de casas da Câmara de Lisboa por “gente sem alternativa que não a rua”

Bloco de Esquerda apoia ocupações ilegais de casas da Câmara de Lisboa por “gente sem alternativa que não a rua”

No Bairro Carlos Botelho, na freguesia do Beato, um casal a ocupar uma casa ilegalmente recebeu ordens da Câmara Municipal de Lisboa (CML) para sair até esta quarta-feira (19 de Dezembro). Se tiverem mesmo de abandonar a habitação, prometem, voltarão a arrombar a porta e a entrar, por falta de alternativas. Os moradores furtivos acusam a autarquia de não estar preocupada com o vasto património habitacional de que é detentora, deixando-o ao abandono.
/
Condomínio de luxo em antigo terreno da EPUL na Graça contestado pelo seu grande impacto visual e urbanístico

Condomínio de luxo em antigo terreno da EPUL na Graça contestado pelo seu grande impacto visual e urbanístico

As obras do novo empreendimento de luxo da colina da Graça, "Terraços do Monte", já deveriam ter arrancado em Outubro passado. O atraso percebe-se quando se analisa o projecto arquitectónico, que terá sido indeferido várias vezes, antes de ser aprovado pelo vereador do Urbanismo, em Agosto passado. Foram feitas várias alterações à proposta inicial, por esta não respeitar o sistema de vistas e a volumetria ser excessiva para aquela zona histórica da cidade. Apesar das revisões, ainda subsistem dúvidas entre a vereação, que considera que o projecto nem deveria ir a reunião de câmara antes de ser discutido.
/
Dar o nome de José Saramago a praça renovada no Campo das Cebolas divide opiniões dos comerciantes da zona

Dar o nome de José Saramago a praça renovada no Campo das Cebolas divide opiniões dos comerciantes da zona

A atribuição do nome Largo José Saramago à área em frente à Casa dos Bicos, requalificada recentemente, não agrada a todos. O sítio é conhecido por Campo das Cebolas e há quem receie que a designação original seja esquecida. Mas também há também quem elogie a decisão da autarquia e considere que esta é uma forma de chamar mais turistas, atraídos pelo Nobel da Literatura. “O que tem dado mais nome à zona, e ajudado até nos nossos negócios, é o José Saramago”, diz um comerciante.
/
Vizinhos e visitantes do miradouro do Largo das Necessidades dizem que novo hospital lhes rouba a vista do Tejo

Vizinhos e visitantes do miradouro do Largo das Necessidades dizem que novo hospital lhes rouba a vista do Tejo

A grande maioria dos que frequentam o Miradouro do Largo das Necessidades não consegue deixar de reparar na grande barreira que, nas últimas semanas, a partir dali, se lhes interpõe entre a vista e a zona ribeirinha do Tejo. A construção do novo hospital Cuf Tejo, em Alcântara, alterou de forma radical a paisagem. E há quem não gosto do que vê. “É um autêntico mamarrachão o que aí está! Tirou-nos a vista que tínhamos daqui, que era uma coisa linda”, queixa-se Maria Silva, moradora no largo.
/
Loading...

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografias & Fotografia

Paula Ferreira
Fotografía

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com