Ajuda

A EXPO 98 abriu há 20 anos: estes são os 20 ícones que contam

A EXPO 98 abriu há 20 anos: estes são os 20 ícones que contam

Passaram 20 anos sobre a inauguração da EXPO 98. A 22 de Maio de 1998, abria portas a última exposição universal do século passado, após uma gigantesca operação de reconversão de uma extensa área do território de Lisboa. Olhando para trás, podemos hoje identificar duas dezenas de ícones que nos lembram a Expo’98 sempre que a evocamos. O Corvo faz aqui a síntese ...
/

Urbanismo

Ajuda

A EXPO 98 abriu há 20 anos: estes são os 20 ícones que contam

A EXPO 98 abriu há 20 anos: estes são os 20 ícones que contam

Passaram 20 anos sobre a inauguração da EXPO 98. A 22 de Maio de 1998, abria portas a última exposição universal do século passado, após uma gigantesca operação de reconversão de uma extensa área do território de Lisboa. Olhando para trás, podemos hoje identificar duas dezenas de ícones que nos lembram a Expo’98 sempre que a evocamos. O Corvo faz aqui a síntese.
/
Antiga Feira Popular com escritórios, habitação e jardins. E 700 casas de renda acessível ao lado

Antiga Feira Popular com escritórios, habitação e jardins. E 700 casas de renda acessível ao lado

Em Entrecampos e na zona circundante vão nascer 700 habitações de renda acessível, um jardim, escritórios e equipamentos sociais, naquela que é “uma das maiores operações urbanísticas que Lisboa conheceu nas últimas décadas”, diz Fernando Medina.
/
Conclusão da escola do Parque das Nações aguarda avaliação de solos contaminados

Conclusão da escola do Parque das Nações aguarda avaliação de solos contaminados

O arranque dos trabalhos estará dependente da avaliação das condições dos terrenos onde o equipamento surgirá e da possível descontaminação dos mesmos. O projecto de execução da escola deverá estar pronto em Setembro.
/
Falta de parque infantil trava a requalificação da Alameda do Beato

Falta de parque infantil trava a requalificação da Alameda do Beato

Era um equipamento há muito exigido pelos moradores da zona central da freguesia. E, por isso mesmo, a surpresa foi grande quando se soube que o projecto de requalificação da Alameda do Beato, no âmbito do programa Uma Praça em Cada Bairro, não contemplava um parque infantil.
/
Cristas quer casas acessíveis nos terrenos da antiga Feira Popular e Medina promete-as para Arroios

Cristas quer casas acessíveis nos terrenos da antiga Feira Popular e Medina promete-as para Arroios

A líder do PP quer parte dos terrenos da antiga Feira Popular destinados à construção de habitações acessíveis. Ideia lançada no mesmo dia em que Medina anunciou que o concurso excepcional de atribuição de casas no centro histórico poderá ser alargado a outras zonas, como Arroios.
/
Museu do Terramoto: negócio entre Câmara de Lisboa e empresa desconhecida cheio de interrogações

Museu do Terramoto: negócio entre Câmara de Lisboa e empresa desconhecida cheio de interrogações

A criação, por uma empresa privada, do Museu do Terramoto, num terreno municipal na Rua da Junqueira, perto do Museu dos Coches, está a levantar muitas dúvidas.
/
Reabilitação urbana em Alfama é quase sempre “selectiva” e “virada para o turismo”

Reabilitação urbana em Alfama é quase sempre “selectiva” e “virada para o turismo”

Alfama está a mudar “muito depressa e de forma muito violenta”, diz Ana Gago, investigadora que concluiu uma pesquisa no âmbito de uma tese de mestrado. Nela se garante existir uma inequívoca relação entre o aluguer de curta duração e a “gentrificação turística”.
/
Vai começar a operação de construção de “casas acessíveis” na Rua de São Lázaro

Vai começar a operação de construção de “casas acessíveis” na Rua de São Lázaro

A operação de construção e de reabilitação de 126 fogos na Rua de São Lázaro no âmbito do Programa Renda Acessível (PRA), cuja adjudicação a uma entidade privada será aprovada na reunião de vereação desta quinta-feira (19 de Abril), deverá arrancar ainda este ano.
/
Última mercearia do Castelo vai fechar depois de luta judicial entre proprietário e inquilino

Última mercearia do Castelo vai fechar depois de luta judicial entre proprietário e inquilino

A mercearia Estrela do Castelo é a sexta mercearia a fechar no espaço de cinco anos naquela parte da cidade, situada na freguesia de Santa Maria Maior. Os moradores, maioritariamente idosos, ficam assim sem nenhuma mercearia tradicional perto de casa.
/
Loading...

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com