Está já na fase final da instalação, e deverá ser inaugurado até ao final do mês de Dezembro, o elevador que garantirá a ligação entre a Rua do Carmo e os Terraços do Carmo, os quais abriram ao público em Junho passado. O novo equipamento, a explorar pela Câmara Municipal de Lisboa (CML), será gratuito e funcionará como alternativa ao Elevador de Santa Justa para quem queira fazer uma ligação pedonal mais rápida entre a Baixa e o Largo do Carmo. Além disso, em comparação com o icónico elevador inaugurado em 1902, evitam-se as longas filas de turistas e, para quem não tenha passe, o gastar de 5€ por duas viagens.

 

Com a inauguração do elevador de acesso aos Terraços do Carmo – que se junta a outros equipamentos do género abertos recentemente pela CML, como os da Rua dos Fanqueiros e do Mercado do Chão do Loureiro, os quais garantem a ligação ao Castelo a partir da Baixa, ou o de Santa Luzia, em Alfama -, fica, por fim, concluída a longa operação de reabilitação urbana realizada naquela zona na sequência da destruição causada pelo grande incêndio do Chiado, ocorrido a 25 de Agosto de 1988. Desde essa data, o Chiado conheceu um importante processo de reconstrução – tendo, ao mesmo tempo, o perfil do comércio vindo a mudar substancialmente.

 

O acesso aos Terraços do Carmo – obra projectada pelo arquitecto Siza Vieira e criadora, junto às ruínas do Carmo, de um novo ponto de observação sobre a cidade – tem sido garantido pelas novas escadarias do denominado Pátio B do Chiado, desde a sua abertura, há seis meses. O Corvo tentou saber junto dos serviços da CML, desde o princípio de Novembro, a data da abertura ao público do elevador dos Terraços do Carmo, mas não obteve qualquer resposta oficial.

 

Texto: Samuel Alemão             Fotografia: Paula Ferreira

 

Deixe um comentário.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com