Uber experimenta em Lisboa o seu sistema de viagens partilhadas de automóvel

ACTUALIDADE
Samuel Alemão

Texto

MOBILIDADE

Cidade de Lisboa

2 Novembro, 2016


Depois dos dias quentes de contestação por parte dos taxistas, a Uber mantém a sua forte estratégia de conquista do mercado. E acena com viagens mais baratas. Durante dez dias, a partir das 10 horas desta sexta-feira (4 de novembro), e até 13 de novembro (domingo), a empresa baseada na aplicação para smartphone começará a experimentar em Lisboa um sistema de viagens partilhadas, denominado de uberPOOL. Tal serviço, promete a multinacional, terá preços 25% mais económicos do que o UberX, a sua opção mais económica. Respondendo às críticas dos que a consideram um desincentivo ao uso do transporte público, a Uber diz, em comunicado, que com esta opção mostra estar empenhada “em levar a cabo a sua visão de um mundo onde as viagens são mais simples e económicas para todos, e onde as cidades se assemelham cada vez menos a um enorme parque de estacionamento”.

No novo serviço, o utilizador terá de selecionar o local de destino e de partida, tal como na restante oferta da empresa – sendo obrigatório indicar a morada de destino, que não poderá ser alterada até ao final da viagem. Depois, deverá escolher a opção uberPOOL na parte inferior do ecrã. A Uber explica que “antes de confirmar o pedido, é ainda possível conhecer o valor final da viagem, e indicar se o utilizador viaja sozinho ou acompanhado de uma pessoa”. De acordo com Rui Bento, director geral da Uber Portugal, citado pelo mesmo comunicado, “opções de viagem mais partilhadas, como o uberPOOL, podem contribuir para cidades menos congestionadas e mais sustentáveis, e em que viajar é mais simples e económico”.

Este novo serviço é usado em 33 cidades a nível mundial e a Uber garante que, graças a ele, só este ano, já foram feitos menos 502 milhões de quilómetros automóveis, representando uma diminuição na emissão de 23 milhões de litros de combustível e 55 mil toneladas de dióxido de carbono.

MAIS ACTUALIDADE

COMENTÁRIOS

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografias & Fotografia

Paula Ferreira
Fotografía

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Send this to a friend