Sete Rios vai acolher o terminal de autocarros situado na Praça de Espanha

ACTUALIDADE
Samuel Alemão

Texto

MOBILIDADE

São Domingos de Benfica

23 Julho, 2015


O terminal de autocarros que funciona, há décadas, na Praça de Espanha será relocalizado para a Praça Humberto Delgado, junto ao Jardim Zoológico de Lisboa, em Sete Rios. A mudança será levada à prática no âmbito do projecto de reabilitação daquele local, integrado no programa municipal Uma Praça em Cada Bairro, que prevê a criação de novas centralidades na cidade. Os veículos de transportes públicos que asseguram, sobretudo, a ligação à Margem Sul passarão, assim, a parquear sob o viaduto do Eixo Norte-Sul, onde actualmente existe estacionamento pago e um parque de viaturas rebocadas da EMEL.

O projecto de execução deverá estar finalizado até ao final deste ano, anunciou Manuel Salgado, vereador com o pelouro do Urbanismo, durante a sessão da passada terça-feira (21 de Julho) da Assembleia Municipal de Lisboa. “Este projecto está a ser desenvolvido, num trabalho de parceria com os operadores de transportes de camionagem que operam na Praça de Espanha, e encontra-se já numa fase adiantada. Pensamos que, antes do final do ano, teremos pronto o projecto de execução para, de seguida, lançarmos o concurso pública da obra”, revelou o vereador, salientando também a colaboração mantida com a Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica para a definição do que será feito na zona.

O novo terminal de autocarros beneficiará de uma ligação directa à estação de Metropolitano de Lisboa, o que será possível através das obras de requalificação do espaço público a realizar na Praça Humberto Delgado – actualmente, um lugar muito desqualificado, onde existe um terminal de transportes públicos bastante degradado e uma vasta área de estacionamento automóvel. O novo projecto inclui, aliás, a construção de um parqueamento subterrâneo naquele local, em virtude dos direitos de exploração adquiridos, em 1993, pelo Jardim Zoológico e posteriormente alienados à empresa Empark.

MAIS ACTUALIDADE

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Send this to a friend