Reportagem

Crianças de escola básica em Campo de Ourique com falta de funcionários sujeitas a clima de intimidação

Crianças de escola básica em Campo de Ourique com falta de funcionários sujeitas a clima de intimidação

Na Escola Básica 1 de Santo Condestável, duas centenas de alunos são vigiadas apenas por duas funcionárias. Há momentos em que não terão nenhum adulto a olhar por eles, queixam-se os pais. Nesses períodos, acontecem episódios de violência entre os estudantes, mas também entre alguns encarregados de educação. A rotatividade dos professores é outro dos problemas. Crianças do 1º ano tiveram três docentes só num ano. ...
Câmara de Lisboa trava despejo de prédio de Marvila, intima senhorio a fazer obras e ameaça tomar posse

Câmara de Lisboa trava despejo de prédio de Marvila, intima senhorio a fazer obras e ameaça tomar posse

Os inquilinos do prédio, posto à venda como devoluto em 2017, permanecerão mais uns meses nas habitações de onde deveriam sair no final deste mês. A Câmara de Lisboa, depois de realizar uma vistoria ao imóvel, intimou o proprietário a realizar obras, sem que estas impliquem a sua desocupação. Insatisfeito, o senhorio, que pretende vender o edifício, tentou impugnar o relatório do auto de vistoria, mas sem sucesso ...
A mais importante loja de revistas e jornais internacionais em Lisboa fecha esta semana por falta de clientes

A mais importante loja de revistas e jornais internacionais em Lisboa fecha esta semana por falta de clientes

Ao fim de quase 30 anos na Avenida da Liberdade, a Sunrise Press, mais conhecida como Tema, fecha as portas esta semana. A falta de clientes ditou o fim da loja que, na década de 1990, permitiu ter acesso a muitos jornais e revistas internacionais antes inacessíveis ...
Estação de comboios de Entrecampos ganha mural de arte urbana pintado por mulheres para combater vandalismo

Estação de comboios de Entrecampos ganha mural de arte urbana pintado por mulheres para combater vandalismo

As estruturas de cimento do acesso pedonal da estação de comboios de Entrecampos serviram de tela a quatro artistas mulheres, nos últimos dois meses. Numa cidade onde a representação feminina no graffiti ainda é pouco visível, os habitantes gostam do que vêem e pedem mais acções do género. A arte urbana, “quando bem enquadrada, embeleza muito a cidade”, diz uma moradora - “é mesmo muito importante que o façam”, reforça. ...
Telheiras vai ter pólo de troca de materiais e ferramentas e aposta na sustentabilidade ambiental

Telheiras vai ter pólo de troca de materiais e ferramentas e aposta na sustentabilidade ambiental

O bairro foi um dos seis bairros escolhidos, entre 72 a nível mundial, para desenvolver um projecto-piloto do programa “Municipalities in Transition”, da associação Transition Network. O que significa receber apoio financeiro para levar por diante iniciativas baseadas na sustentabilidade. Entre as acções a adoptar contam-se a criação de um centro de recursos, onde se poderá requisitar um vermicompostor, compostor com minhocas, ou um dispositivo para medir os consumos energéticos em casa ...
Há muita vida dentro das estações do metropolitano de Lisboa, mas “zonas comerciais precisam de ser renovadas”

Há muita vida dentro das estações do metropolitano de Lisboa, mas “zonas comerciais precisam de ser renovadas”

Nas lojas instaladas nas estações de metro do Campo Grande, Alameda e Marquês de Pombal, há centenas de pessoas a comprarem, todos os dias. A Metrocom, responsável pela gestão das 200 lojas da rede metropolitana, quer, agora, tornar estas áreas “mais agradáveis” e arrendar novos espaços a pop-up stores, quiosques, escolas de línguas, centros clínicos, entre outros. Os comerciantes aplaudem a iniciativa, mas não deixam de fazer reparos. ...
Moradores e comerciantes do Bairro Alto dizem que EMEL está, cada vez mais, a dificultar-lhes vida e negócios

Moradores e comerciantes do Bairro Alto dizem que EMEL está, cada vez mais, a dificultar-lhes vida e negócios

Para acederem ao bairro histórico, por pouco tempo, para ajudarem os pais, muito deles idosos com mobilidade reduzida, ou apenas descarregarem compras, os residentes têm de comprar um cartão com saldo de 25 euros. Já os comerciantes estão incrédulos com o aumento, no mês passado, do valor anual do Dístico de Cargas e Descargas, de 19 para 320 euros. ...
No Areeiro, abrem e fecham lojas em poucos meses, mas nas avenidas principais o comércio consolida-se

No Areeiro, abrem e fecham lojas em poucos meses, mas nas avenidas principais o comércio consolida-se

Diversos comerciantes da freguesia dizem que nunca assistiram a uma volatilidade “tão grande” das lojas. Em poucos meses, abrem e fecham espaços comerciais, por não conseguirem suportar as rendas - que, no último ano, subiram nas zonas históricas e no centro de Lisboa. No Areeiro, os valores pedidos terão aumentado “consideravelmente”, diz-se. Mas há quem, como a associação de comerciantes do bairro, até considere estar-se perante uma dinâmica positiva. ...
Comerciantes das avenidas D. Carlos I e 24 de Julho apreensivos com impacto das obras da Linha Circular do metro

Comerciantes das avenidas D. Carlos I e 24 de Julho apreensivos com impacto das obras da Linha Circular do metro

A construção das duas novas estações do Metro de Lisboa, Santos e Estrela, arranca até ao final deste ano. As obras à superfície, entre a Avenida D. Carlos I e o Cais do Sodré, inevitavelmente alterarão as rotinas na zona, deixando preocupados os comerciantes. Alguns temem perder clientes com o início dos trabalhos. O ruído e o pó da empreitada poderão ser um problema, mas a maior preocupação é, contudo, o possível incumprimento dos prazo, como acontece no Areeiro e em Arroios ...
Idosos de Marvila e Penha de França dão rosto às memórias dos bairros e combatem solidão com histórias

Idosos de Marvila e Penha de França dão rosto às memórias dos bairros e combatem solidão com histórias

Tornar a memória de Lisboa “mais humana” e contar histórias que não vêm nos livros, com os olhos postos nas pessoas e nos lugares, é o objectivo do projecto “Vidas e Memórias do Bairro: Oficinas Comunitárias da Memória”. A iniciativa foi desenvolvida no âmbito do Orçamento Participativo de Lisboa (OP) e concretizada pela rede de Bibliotecas Municipais de Lisboa (BLX). Até agora, o projecto arrancou nas bibliotecas de Penha de França e Marvila, mas poderá chegar a mais freguesias da cidade. ...
Quando as lojas instaladas no rés-do-chão incomodam os vizinhos de cima

Quando as lojas instaladas no rés-do-chão incomodam os vizinhos de cima

Em Lisboa, é difícil não encontrar alguém que não se sinta incomodado com o cheiro, o fumo, o barulho e outros transtornos oriundos dos estabelecimentos comerciais instalados no rés-do-chão dos prédios de habitação. Quem está em casa, durante o dia, lamenta não conseguir trabalhar ou descansar. E, à noite, as queixas começam a subir de tom. As denúncias chegam de todas as partes da cidade. E, quase sempre, critica-se a falta de capacidade da polícia para resolver o problema ...
Os habitantes de Lisboa cabem todos num palco e querem contar a história de uma cidade em mudança, na Culturgest

Os habitantes de Lisboa cabem todos num palco e querem contar a história de uma cidade em mudança, na Culturgest

Combater estigmas e dar a conhecer a população, tal como ela é, assume-se como um dos principais objectivos da peça, organizada pela companhia Rimini Protokoll, desde 2008 a passar por várias cidades do mundo. O espectáculo “100% Lisboa” estreia esta sexta-feira (1 de Fevereiro), na Culturgest, e pode ser visto até ao próximo dia 10 de Fevereiro ...
Empurrados por programa de renda acessível, lojistas de São Lázaro acusam Câmara de Lisboa de fugir ao diálogo

Empurrados por programa de renda acessível, lojistas de São Lázaro acusam Câmara de Lisboa de fugir ao diálogo

Os lojistas da Rua de São Lázaro não têm um dia de descanso há quase um ano. O senhorio dos espaços comerciais, a Câmara Municipal de Lisboa (CML), informou-os de que teriam de abandonar os estabelecimentos, em Abril do ano passado, para estes darem lugar a habitação do Programa Renda Acessível (PRA). Desde então, os comerciantes têm feito tudo para permanecerem nos armazéns de revenda, onde muitos estão há dezenas de anos. Mas a luta tem sido penosa. Acusam de Fernando Medina de não cumprir com a promessa de diálogo ...
Lisboa pode combater a solidão pensando a cidade de outra forma, mas “há falta de vontade política”

Lisboa pode combater a solidão pensando a cidade de outra forma, mas “há falta de vontade política”

Quando se fala em solidão, é inevitável pensar nos idosos, normalmente mais sozinhos e com mais dificuldade em participarem em actividades sociais. O isolamento afecta, porém, todos os grupos etários e, por isso, a Assembleia Municipal de Lisboa (AML) aprovou, por unanimidade, uma recomendação do PAN para combater o problema na cidade. Pretende-se, agora, fazer um mapeamento da solidão e a criação de campanhas de sensibilização para a temática, na qual “a autarquia tem obrigação de intervir”. ...
Há quem se queixe da prostituição no Alto do Parque mas muitos moradores e lojistas sentem-se mais seguros assim

Há quem se queixe da prostituição no Alto do Parque mas muitos moradores e lojistas sentem-se mais seguros assim

Num dos bairros residenciais mais caros de Lisboa, onde o preço por metro quadrado ronda os 8 mil euros, a prostituição é uma realidade, há mais de 50 anos. Os moradores mais antigos e os comerciantes garantem, porém, que o número de prostitutas a circular pela zona diminuiu muito, nos últimos anos. Muitos dizem mesmo conviver bem com a sua presença. Há quem diga até que as prostitutas garantem o policiamento e segurança da zona. Algumas terão mesmo impedido assaltos ...
Utentes da biblioteca de Telheiras descontentes com o encurtamento do horário e dos dias de funcionamento

Utentes da biblioteca de Telheiras descontentes com o encurtamento do horário e dos dias de funcionamento

No bairro, ninguém está satisfeito com as mudanças na Biblioteca Orlando Ribeiro. O equipamento cultural encerra agora uma hora mais cedo e, a cada duas semanas, fecha as portas à segunda-feira e ao sábado. Os universitários, a maioria dos utentes, são os que se sentem mais prejudicados. Mas também há muita gente, sobretudo idosos, que ficou sem possibilidade de ler o jornal nesses dias. E até existem comerciantes preocupados com o impacto de tais mudanças no seu negócio ...
Moradores de Marvila querem zonas verdes nos descampados do bairro em vez de prédios de renda acessível

Moradores de Marvila querem zonas verdes nos descampados do bairro em vez de prédios de renda acessível

Os habitantes dos bairros Marquês de Abrantes e Alfinetes, em Marvila, submeteram, no mês passado, uma proposta ao Orçamento Participativo (OP) de Lisboa para a criação de uma zona verde. E sugeriram que o novo espaço de lazer, um desejo muito antigo dos moradores, surja no descampado junto à biblioteca municipal. Mas a Câmara de Lisboa quer ali construir prédios do Programa Renda Acessível (PRA). ...
Átrio norte da estação de metro do Areeiro está fechado há cinco anos e não se sabe quando reabrirá

Átrio norte da estação de metro do Areeiro está fechado há cinco anos e não se sabe quando reabrirá

No passado dia 9 de Janeiro, o ministro do Ambiente garantiu que o concurso público, para a conclusão da empreitada, será lançado ainda este mês. A empresa de transportes tem, porém, uma versão algo diferente. A O Corvo, o Metro diz estar a aguardar pela portaria de extensão de encargos para lançar um novo concurso, o que só deverá acontecer no primeiro trimestre deste ano. E não avança nenhuma data para a reabertura do átrio norte ...
Sede do Unidos da Glória, comprada por imobiliária “fantasma”, pode fechar e deixar idosos sem local de convívio

Sede do Unidos da Glória, comprada por imobiliária “fantasma”, pode fechar e deixar idosos sem local de convívio

O Clube Futebol Unidos da Glória poderá ter de abandonar, nos próximos meses, a sede onde está há mais de 40 anos. O imóvel foi vendido a uma imobiliária, com actividades ligadas ao alojamento local, e os inquilinos foram informados, por carta, de que apenas passariam a fazer o pagamento para outra conta bancária. Se soubessem que o prédio ia ser adquirido, garantem, teriam exercido o direito de preferência. O presidente da Junta de Freguesia de Santo António lamenta a situação, mas diz que não pode fazer nada para ajudar ...
Lapa está “descaracterizada” e nela constroem-se empreendimentos de luxo “à toa”, criticam moradores

Lapa está “descaracterizada” e nela constroem-se empreendimentos de luxo “à toa”, criticam moradores

As transformações urbanísticas e arquitectónicas em curso na Lapa, na freguesia da Estrela, não agradam à maioria dos habitantes desta zona nobre da cidade. Muitos dizem que os novos prédios são “horríveis” e consideram “desajustados” os materiais utilizados face ao restante edificado do bairro. Aos imóveis antigos têm sido acrescentados andares, numa zona conhecida por casas com menos de três pisos, e abertas garagens, assim os desvirtuando. Há quem não veja, porém, nenhum problema nas alterações. ...

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografias & Fotografia

Paula Ferreira
Fotografía

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa