A 19 de Março de 2008, nascia a Associação Renovar a Mouraria (ARM). Era a institucionalização de um sonho. Um grupo de amigos escolhia para viver o bairro e decidia resgatá-lo do esquecimento. Após reuniões em casa uns dos outros, criam um movimento. Entre o final de 2007 e o início de 2008, o Renovar a Mouraria sai em ronda pelo bairro, recolhendo assinaturas, em simultâneo com actividades musicais e gastronómicas. Surgia, assim, um dos pilares do processo de regeneração do histórico bairro, situado no coração da cidade, ali mesmo junto à Baixa.

Ao longo destes seis anos, os imigrantes têm sido quem mais procura a associação. Os portugueses são, apesar de tudo, mais renitentes. Isto porque, diz Inês Andrade, dirigente da associação, “têm sido vítimas de promessas não esquecidas, de políticas vãs”. O que não sucede com os estrangeiros, chegados ao bairro há muito menos tempo. Apesar disso, o conjunto dos moradores já tem uma atitude substancialmente diferente face à associação, participando sobretudo nos eventos de rua.

A diversidade de actividades surgidas, ao longo destes anos, em volta do bairro acabou por atrair pessoas de outras realidades para uma “nova Mouraria”. Isto porque, em paralelo, estavam a decorrer os processos de reabilitação dos vizinhos Martim Moniz e Intendente. Um tecido urbano vai-se regenerando.

A construção desta realidade, contudo, não é consensual. Os comerciantes do bairro, por exemplo, têm opiniões divergentes sobre o assunto.

Em Dezembro de 2012, a Associação Renovar a Mouraria inaugurou a sua casa comunitária, a Mouradia. Localizada no Beco do Rosendo, é a base da instituição, na qual se desenvolvem a maioria das actividades, funcionando também como um ponto de encontro de pessoas, de etnias, de grupos sociais, de diferentes idades e de diferentes vontades. No fundo, é a cara da associação, cuja actividade mais simbólica, e prova da transversalidade da sua acção, são os cursos de português para estrangeiros, sempre bastante participados.

Este ano, estão previstas obras de reabilitação dos contíguos edifícios 4 e 6, a construção do forno e da churrasqueira para uso comunitário, o palco e ainda intervenções de luz.

O Mercadinho do Beco decorre no último sábado de cada mês e pretende angariar fundos para obras na Casa Comunitária e área envolvente. Com a reconstrução da calçada, o reabilitação de corrimões, um parque para bicicletas e carrinhos de bebé, a associação reforça a sua actividade.

O aniversário é amanhã, mas a festa da Associação realiza-se a 22 de Março, no próximo sábado.

Ver o trabalho completo em:

http://sandraijoliveira.weebly.com/

Texto e multimédia: Sandra Isabel Oliveira

* Trabalho realizado no âmbito do ateliê de Jornalismo Digital do Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas (Cenjor)

 

Deixe um comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com