Obras retomadas no Jardim da Graça

ACTUALIDADE
Fernanda Ribeiro

Texto

AMBIENTE

São Vicente

20 Setembro, 2014


O ritmo dos trabalhos não é propriamente intenso, mas as obras do Jardim da Graça, que haviam sido abandonadas, há meses, pela empresa Fito Novo, foram esta semana retomadas. Na passada quinta-feira de manhã, viam-se no terreno quatro trabalhadores e duas máquinas, uma delas parada na zona central, não longe do quiosque já ali instalado e a outra terraplanando uma plataforma na encosta do Convento da Graça, onde em Janeiro de 2013 se iniciaram as obras camarárias que prometiam transformar aquela zona no maior parque urbano do centro histórico.

Mas esse objectivo tem tardado e ainda não se concretizou. O fim dos trabalhos chegou a ser anunciado para Setembro de 2013, o que acabou por não se verificar. Nem o jardim foi concluído, nem os trabalhos prosseguiram. Já em Janeiro de 2014 ,o vereador responsável pelos Espaços Verdes, Sá Fernandes, disse ao Corvo que a interrupção dos trabalhos se ficara a dever ao facto de ali terem sido detectados vestígios arqueológicos, nomeadamente esqueletos, um argumento que não explicou, porém, a demora verificada para o retomar dos trabalhos, que foram suspensos há já vários meses pela empresa espanhola Fito Novo.

Foi, por isso, com alguma surpresa que, esta semana – precisamente quando começou a época das chuvas -, os moradores da zona voltaram a ouvir o barulho das máquinas e a ver também alguns trabalhadores no local.

Por enquanto, o ritmo da obra não impressiona. Apesar de grande parte do desenho do jardim da Graça estar já delineado, ainda nada faz supor que esteja para breve a almejada inauguração.

MAIS ACTUALIDADE

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Send this to a friend