É verdade que se tratou de um mero acaso, pois coisas destas sucedem o tempo todo nas ruas da cidade. Mas lá que está carregado de simbolismo, isso é inescapável. O final de tarde deste sábado tornou-se assaz complicado para a circulação automóvel e de peões na ligação entre a Praça da Figueira e o Rossio, quando dois veículos pesados de transporte de turistas tocaram entre si na ponta final da Rua da Betesga, na passadeira que dá acesso à Rua Augusta, e aí se imobilizaram. Um daqueles autocarros de dois pisos e sem tejadilho, que asseguram circuitos pelos locais mais emblemáticos de Lisboa, e um mais extravagante e novo veículo anfíbio que por aí anda bateram ao de leve entre si, ao desfazer da curva da Betesga que marca a entrada na Praça Dom Pedro IV.

 

fotografia-6

 

Foi o suficiente para causar a confusão naquele ponto da Baixa, já sempre apinhado de gente – sobretudo de turistas. Entre a notória dificuldade acrescentada à circulação automóvel e pedonal, muitos foram os que ficaram a observar as diligências da polícia de trânsito, a opinar sobre o que teria sucedido e a quem se poderiam assacar eventuais responsabilidades, mas também a tirar fotos. Num momento em que são cada vez mais as vozes a questionarem a dimensão que o negócio turístico está a atingir em Lisboa, e as suas possíveis consequências nos mais diversos aspectos da dinâmica urbana, não é sem uma certa ironia que se aprecia uma cena destas.

 

Texto: Samuel Alemão

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografias & Fotografia

Paula Ferreira
Fotografía

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa