É o último visual da cidade. Ao longo do empedrado, alimentadas pela chuva abundante, crescem, viçosas, hortas autênticas. Pelos passeios de calçada ou na rede viária de basalto, as ervas agora abundam. Nos passeios, embora ajudem a limpar o calçado da porcaria que os cobre, facilitam escorregadelas. Na rodovia, facilitam as derrapagens, sobretudo em plano inclinado.

CAM01312

 

Não se argumenta aqui contra a calçada, tão frequente em bairros mais antigos, mas é caso para defender que cada coisa tem o seu lugar – mesmo o refrescante verde em pedra fosca. As imagens foram colhidas na freguesia da Estrela, mas a cena repete-se por muitas outras freguesias.

 

Texto: Francisco Neves

Deixe um comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com