Moradores contestam construção de muro com azulejos em jardim junto à Assembleia Municipal de Lisboa

Num canteiro relvado do Jardim Fernando Pessa, na freguesia do Areeiro, começou a ser construído um muro de azulejos. Moradores e trabalhadores na zona acham o mural “totalmente desnecessário”. Poderá afectar a fruição do espaço público, dizem, considerando ainda que havia outras opções para colocar o monumento. . A obra, alusiva à Carta de Lisboa, custou 30 mil euros à Câmara de Lisboa, valor considerado excessivo por alguns.