O mau tempo persistente tem obrigado a Câmara Municipal de Lisboa a adiar a reparação dos muitos buracos no pavimento rodoviário e pedonal da cidade, disse ontem (3 de Abril) o vice-presidente da edilidade, Manuel Salgado.

 

Salgado falava no anfiteatro da Escola Secundária José Gomes Ferreira, em Benfica, numa reunião descentralizada do executivo camarário, onde o assunto foi tema das interpelações de alguns moradores da freguesia. “A situação não é só em Benfica, mas, infelizmente por toda a área de Lisboa, em resultado de um Inverno particularmente rigoroso. Não há nada pior que a chuva para degradar os pavimentos”, disse o autarca e arquitecto.

 

“Há um grande conjunto de empreitadas” atrasadas devido ao mau tempo, disse o vereador, acrescentando que elas arrancarão, “logo que parar de chover”. Na freguesia, as intervenções agendadas ocorrerão nas estradas de Benfica e do Outeiro, Largo Curvo Semedo, ruas da Venezuela,  da República da Bolívia e da República Peruana, na Segunda Circular e noutras artérias. Outras intervenções de carácter pontual foram também enumeradas. O mau tempo tem também prejudicado intervenções previstas pelo pelouro dos Espaços Verdes, reconheceu o vereador Sá Fernandes.

 

Na maioria das intervenções, os elogios ao município foram compensados por algumas críticas, sobretudo relacionadas com a demora da resposta municipal às queixas dos particulares. O executivo lamentou tais situações, mas o encontro foi suficientemente cordial para Manuel Salgado pedir aos fregueses de Benfica: “Não façam cerimónia nas críticas”.

 

Orlando Machado foi um dos que lamentou a demora da CML em responder a um problema que dura “há 41 anos” – a falta de um bocado de passeio nas ruas da República da Bolívia e Pereira Bernardes, obrigando os peões “a corta-mato por terras onde carros estacionam ou a ir para a faixa de rodagem”. Mas o executivo, que mostrou algum conhecimento prévio das questões em discussão, saciou-lhe a sede reivindicativa. O projecto para emendar a falta de passeio será elaborado pelo município, este ano, e, se possível, executado no próximo, prometeu Manuel Salgado.

 

Outro freguês com razões para sair satisfeito da reunião foi Raquel Cristóvão, animadora de um  recinto ajardinado que criou há 12 anos, hoje conhecido como o Jardim das Marias. É uma iniciativa “que muito apreciamos”, disse o presidente da Câmara, António Costa. Raquel Cristóvão foi eloquente ao pedir “uma ajuda na água e na luz” e uma arrecadação. Sá Fernandes não demorou a prometer-lhe “ver isso com a junta de freguesia” e pôr lá um contador da água.

–      Mas paga por nós?!

–      Não, depois vemos isso com a junta…

–      E também a electricidade!, rematou a jardineira.

Aqui o vereador já não foi tão peremptório, mas lá lhe garantiu o barracão.

 

Texto: Francisco Neves     Fotografia: Samuel Alemão

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com