Mais um mês para apresentar ideias

ACTUALIDADE
Samuel Alemão

Texto

David Clifford

Fotografia

VIDA NA CIDADE

Cidade de Lisboa

16 Maio, 2013

Quem tiver uma boa ideia em prol da cidade de Lisboa, e a julgue concretizável pela Câmara Municipal, tem ainda um mês, até 16 de Junho, para apresentar a sua candidatura ao Orçamento Participativo 2013. Depois de avaliadas pelos técnicos da autarquia, as propostas serão colocadas a votação no sítio da iniciativa, entre 16 de Setembro e 31 de Outubro. A edição deste ano prevê distribuir uma verba global de 2,5 milhões de euros, divididos em duas categorias: 1 milhão de euros para o conjunto dos projetos de valor igual ou inferior a 500.000 euros e 1,5 milhões de euros para o conjunto dos projetos de valor igual ou inferior a 150.000 euros. Os cidadãos terão direito a dois votos, um por cada conjunto de projetos. Os projectos mais votados serão integradas na proposta de Orçamento e Plano de Actividades da Câmara Municipal de Lisboa para 2014.


 

Existem onze áreas temáticas nas quais os projectos propostos se devem enquadrar: acão social e habitação; cultura; educação, juventude e desporto; espaço público e espaço verde; infra-estruturas viárias, trânsito e mobilidade; modernização administrativa; proteção ambiental e energia; urbanismo, reabilitação e requalificação urbana; saneamento e higiene urbana; segurança e proteção civil; turismo, comércio e promoção económica. A exequibilidade dos projectos apresentados pelos cidadãos será estudada pelos serviços camarários, que concederão ainda um período de reclamação aos proponentes não escolhidos, entre 1 e 8 de Setembro. Lisboa foi a primeira capital europeia a levar à prática o Orçamento Participativo, em 2008.

MAIS ACTUALIDADE

COMENTÁRIOS

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografias & Fotografia

Paula Ferreira
Fotografía

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Send this to a friend