Os lugares-comuns associados a Lisboa falam da sua luz única e de como a “cidade branca” resulta da singularidade da relação entre essa luminosidade natural e os edifícios, sobretudo nos bairros sobranceiros ao Tejo. Mas o local onde se tiram mais fotografias na capital portuguesa é o Elevador de Santa Justa, bem no meio da Baixa, de acordo com a informação disponível no sítio Sightsmap.com, que agrega dados sobre onde foram as fotos realizadas – para tal recorrendo às tags de geolocalização inseridas por quem as disponibiliza online, em sítios como o Panoramio, o Google Street View, a Wikipedia, o Foursquare ou o Tripadviser.

 

As informações são actualizadas em permanência, mas nesta terça-feira, 19 de Agosto, que é Dia Mundial da Fotografia, o primeiro lugar dos sítios mais fotografados de Lisboa deverá continuar a ser ocupado por este monumento nacional – que estará envolto em andaimes nos próximos seis meses, para se sujeitar a obras de conservação, como foi ontem noticiado pelo Corvo. Em grande parte do dia, a maior parte da superfície do elevador bem como as filas de turistas que esperam para nele subir estão à sombra. Lá de cima é que a célebre luz lisboeta se manifesta em todo o seu esplendor. Ali, mas também nos locais que ocupam o segundo e terceiros lugares da lista dos mais fotografados, respectivamente a Praça do Comércio e o Padrão dos Descobrimentos.

 

Texto: Samuel Alemão

 

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com