Começa nesta sexta-feira, pelas 23 horas, com dança, e termina no dia 27, também a dançar. O Festival Bairro Intendente em Festa arranca esta noite com uma homangem a Fela Kuti (1938-1997), o rei incontestado do afrobeat, género surgido nos anos 70 do século passado e que funde as tradições musicais nigerianas com o jazz e o funk. O colectivo Felamonkuti convida para partilhar o palco Nazaire Bello e Kiala King K., seguindo-se uma actuação dos Djs Irmãos Makossa. Será o tiro de partida para um mês cheio de actividades e com entrada gratuita garantida em todas.

Além dos concertos, o festival, que ocorrerá sextas, sábados e domingos, contará com performances, instalações, feiras, ateliers e aulas abertas. Sempre numa celebração do espírito comunitário que tem vindo a pautar o resgatar desta zona da cidade à decadência. Um bom exemplo disso poderá ser constatado no dia 18 (sexta-feira, 22h), o designado Mandela Day, quando decorrer a actuação do contrabaixista Carlos Barreto e da sua In Loko Band, formada por residentes no bairro e resultante de um trabalho de residência artística do músico – o concerto, que se seguirá à inauguração de uma instalação participativa, contará com os convidados Selma Uamusse, Melo D e General D.

Um dos pontos altos da festa, promovida em conjunto pela Câmara Municipal de Lisboa e o BI – Colectivo de Comerciantes e Projectos Culturais do Intendente, será já neste sábado (dia 5), 23 horas, com o concerto Conexão Lusófona. Nele actuará um conjunto de nomes, que inclui António Zambujo, Lura, Paulo Flores, Paulo de Carvalho, Couple Coffee, entre outros. No dia 11, sexta-feira, pelas 22h, terá lugar a actuação dos Dead Combo e no dia seguinte (sábado, 12), pelas 23h, a dos rappers Valete e Halloween. Atenção ainda à noite da editora Amor Fúria, no sábado, dia 26 (22h), na qual estarão presentes Capitães da Areia, Manuel Fúria e os Náufragos, entre outros.

 

O programa completo pode ser consultado em:

http://bairrointendente.wordpress.com/bairro-intendente-em-festa/

 

Texto: Samuel Alemão

Deixe um comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com