Dois anos depois, a agitação regressa à Rua do Poço dos Negros e, desta vez, estende-se à Rua das Gaivotas. Sob o mote “Preferência por todos os géneros”, o festival Manpower acolherá, na noite (entre as 19h e as 24h) de 3 de junho (sexta-feira), uma alargada oferta de artes plásticas, música e performances em lojas, restaurantes, ateliers e espaços vazios daquelas artérias. “Queremos celebrar o poder do homem e da mulher e ver para além das divisões de género, mergulhando no poder criativo que nasce da pluralidade que inspira a vida e a arte”, propõe o programa do festival, de circulação livre entre os diversos espaços e que é financiado pelo Programa Energia BIP/ZIP da Câmara Municipal de Lisboa.

 

Depois das duas primeiras edições, em 2008 e 2014, terem ocorrido no mês de Dezembro, a terceira tem agora lugar no início de Junho. Uma opção que permitirá conferir um melhor aproveitamento do espaço público, onde decorrerão muitas das performances e se exibirão alguns dos trabalhos artísticos. “A selecção de artistas para este ano, feita através de uma open call e de convites directos, inclui trabalhos ambiciosos de performance, pintura, escultura, vídeo e instalação sonora que irão ocupar a rua durante apenas uma noite”, promete a organização do festival, que contará com actuações musicais – numa programação cuja responsabilidade é da produtora Filho Único – de artistas como Sallim, Kimi Djabaté, Tropa Macaca, Iguanas ou Ninaz.

 

Mais informações: manpowerfestival.com

 

Texto: Samuel Alemão

 

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com