Centro Comercial Imaviz (1975)
Av Fontes Pereira de Melo 35 / Rua Tomás Ribeiro
Centro Comercial Imaviz (1975)
Av Fontes Pereira de Melo 35 / Rua Tomás Ribeiro
Centro Comercial Bloco 10 (1980)
Av 5 de Outubro 10 / Rua Pinheiro Chagas
Centro Comercial Bloco 10 (1980)
Av 5 de Outubro 10 / Rua Pinheiro Chagas
Centro Comercial Brasil (1985)
Av do Brasil 43
Centro Comercial If
Rua D. Estefânia 121
Galerias Ritz
Rua Castilho 77
Galerias Ritz
Rua Castilho 77
Galerias Twin Towers (2001)
Av José Malhoa / Rua de Campolide
Galerias Twin Towers (2001)
Av José Malhoa / Rua de Campolide
Centro Comercial Guerin (1981)
Av. da Liberdade 12
Drugstore Sol a Sol (1967)
Av da Liberdade / Rua Rodrigues Sampaio 77
Centro Comercial Gemini (1984)
Rua Sousa Lopes
Centro Comercial Portugália
Av Almirante Reis 113
Centro Comercial Palladium (1979)
Av da Liberdade 1
Centro Comercial Palladium (1979)
Av da Liberdade 1

Fantasmas dos velhos centros comerciais, galerias e drugstores de Lisboa

PORTFÓLIO
Paula Ferreira

Texto & Fotografia

URBANISMO

Cidade de Lisboa

2 Março, 2016

Estão aí. Muitos metros quadrados de matéria inerte para comércio – à venda ou para arrendar. Marcaram o início de uma era no comércio e na vida da cidade – e também do país.

Uma das particularidades destes espaços comerciais, e que os distinguia dos restantes, era o de terem um horário alargado. Não fechavam à hora do almoço e encerravam depois da meia-noite.

Eram frequentados por uma certa burguesia que escolhia a sala do cinema para ver filmes de autor, o snack-bar famoso pelas tostas mistas e pelo bife, a livraria de referência ou o cabeleireiro da moda. No caso do Centro Comercial Imaviz, a noite prolongava-se até de madrugada na bôite Whispers.

Localizados nas zonas nobres da capital, a maioria não dispunha de parque de estacionamento próprio, o que depressa se tornou numa contrariedade.

O drugstore Sol a Sol foi o primeiro espaço a abrir em Lisboa, na Avenida da Liberdade, em 1967. O acesso também se fazia pelas traseiras, pelo 77 da Rua Rodrigues Sampaio , onde ainda hoje se pode ler o nome nas pedras da calçada.


Este moderno espaço situava-se numa cave com música ambiente, tinha várias lojinhas numeradas—boutiques de roupa ao estilo hippie chic e clássico, loja de discos e posters, perfumaria, etc – que funcionavam dentro de estruturas de pinho maciço e onde o chão era todo feito de calçada polida. Também havia uma photomaton de onde saíam tiras com quatro fotografias a preto e branco.

Fechados, falidos ou reconvertidos, alguns destes centros houve que ressurgiram, passados anos, no mesmo local, apostando mais na restauração e tirando mais partido da luz natural— são disso exemplo o Centro Comercial Alvalade, remodelado em 2014, e o Caleidoscópio, no Jardim do Campo Grande, com reabertura prevista para o verão.

MAIS PORTFÓLIOS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Send this to a friend