O estacionamento automóvel poderá estar de regresso à Rua da Prata. Isto porque a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior propôs à Câmara Municipal de Lisboa (CML) a criação de cerca de quatro dezenas de lugares de parqueamento, parte dos quais destinados em exclusivo a moradores, ficando os outros para os restantes utentes. Para que a medida avance, é necessário que a CML aceite a sugestão feita pela junta para a utilização com tal propósito de parte da faixa de rodagem junto ao passeio do lado esquerdo da referida artéria da Baixa, que assegura a ligação entre o Terreiro do Paço e a Praça da Figueira e tem sentido único.

 

Se a câmara e a EMEL aceitarem a proposta da junta, surgirá então uma área destinada aos moradores daquela zona, circunscrita a dois quarteirões – compreendidos entre a Rua da São Nicolau e a Rua da Assunção -, ficando os demais lugares para uso dos outros automobilistas, classificados como parte da “zona vermelha”. Ou seja, a pagarem o parquímetro à taxa mais cara. “São precisos mais lugares para os residentes desta área e tal solução será perfeitamente exequível, pois a rua tem agora uma circulação viária muito mais reduzida, desde que se realizaram alterações ao trânsito nesta área”, afirma Miguel Coelho (PS), presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior.

 

O autarca – que lidera a junta nascida da agregação de uma dúzia de antigas juntas de freguesia do coração da capital, entre quais estão as que abrangiam bairros históricos como Alfama, Mouraria, Castelo, Baixa e Chiado – reconhece que o estacionamento é um problema crónico na área por si administrada. Mas defende que o mesmo poderá ser mitigado pela adopção de medidas cirúrgicas, como a criação localizada de lugares para moradores. Como aconteceu recentemente no troço descente da Rua da Madalena e na Rua Marquês de Ponte de Lima. E como poderá, em breve, suceder também na Rua Oliveira do Carmo (Chiado), com a reserva de mais nove lugares para moradores.

 

Texto: Samuel Alemão

  • Jorge Parente Baptista
    Responder

    Tira, põe, põe e tira….

  • Henrique Dias
    Responder

    Para a EMEL parece bem, claro… Enfim…

  • Eu
    Responder

    Desde que haja fiscalização , o que não existe na baixa. Por isso é o caos para quem ai vive, enfim modernices.

  • Helena Galamba
    Responder

    A rua da Prata está numa degradação arrepiante. Comércio precisa-se.

  • Miguel Frazão
    Responder

    Interessante seria dedicarem uma das ruas (Fanqueiros ou Rua da Prata, só para os elétricos sem qualquer tipo de estacionamento. Os elétricos na baixa ficam presos com os carros mal estacionados e isso prejudica centenas de utentes diariamente (Rua dos Fanqueiros). Mais uma rua com estacionamento, o dobro dos problemas.

  • Joaquim Espada
    Responder

    Eles tem de tirar o dinheiro do nosso bolço de qualquer maneira.

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com