Os dedos das mãos não chegam para contar os anos em que a cena se repete. Nem juntando-lhes os dedos dos pés. Em Alcântara, em concreto na parte mais larga da rua Prior do Crato, os buracos no pavimento são já uma marca integrante da paisagem. Enormes, todos os anos lá surgem para serem depois enchidos de massa betuminosa que rapidamente se esvai nas primeiras águas. Reaparecem pouco depois, para serem mais adiante recheados de matéria que pouco durará. Vários são suficientemente fundos para causar danos na suspensão dos carros. Como se concentram quase sempre na faixa ascendente, obrigam quem conduza, vindo de Alcântara a caminho de Santos, a sair da sua mão, cruzar o risco contínuo e entrar na faixa “bus” descendente. A manutenção de carris do eléctrico – há muito desactivado – facilita a abertura dos buracos. Quem passe ali com alguma frequência sabe bem qual é o problema. É a Câmara Municipal de Lisboa contentar-se com meros arranjos para encher o olho e adiar uma reconstrução do pavimento. Lisboa nunca esteve tão estragada em termos de piso. Nalguns casos, a razões são pontuais, resultado de chuvas fortes ou rebentamentos de condutas subterrâneas. Mas, nesta zona de Alcântara, os buracos ameaçam torna-se tradição.
Texto e fotografia: Francisco Neves

Deixe um comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com