Jose Leal
Joalharia do Carmo

As lojas de Lisboa pelos urban sketchers

REPORTAGEM
Samuel Alemão

Texto

VIDA NA CIDADE

Cidade de Lisboa

24 Julho, 2017




No início deste ano, o grupo cívico Fórum Cidadania LX, através da iniciativa Círculo de Lojas de Carácter e Tradição, criada em 2015 para defender e promover os melhores representantes do comércio tradicional de Lisboa, desafiou o colectivo de desenhadores em diários gráficos reunidos em torno do movimento Urban Sketchers Portugal a captar os mais icónicos estabelecimentos comerciais da capital. A cada participante, foi pedido que escolhesse uma ou mais lojas-membro do círculo e, através do seu olhar único, lhes captasse a essência, tanto do interior como do exterior. Fachadas, letras, interiores, tectos e pormenores surpreendentes poderiam servir de inspiração. Foi isso que aconteceu com quatro dezenas de casas históricas, cujo registo visual foi fixado, pelo conjunto dos desenhadores, entre janeiro e maio.

Agora, finalizada a recolha dos desenhos utilizando esta muito personalizada técnica, o objectivo do Círculo de Lojas de Carácter e Tradição é lançar a colecção num livro, que se prevê venha a ter 1.335 exemplares. “Para que isso possa acontecer, há que garantir o orçamento apresentado pela editora, tendo este sido conseguido maioritariamente pelas próprias lojas aderentes ao projecto. O que nos enche de orgulho, pois reconhecem o empenho do Círculo em ‘inventar’ formas de ajudar a promover as lojas que dele fazem parte”, diz a O Corvo um dos dinamizadores da iniciativa, Paulo Ferrero, do Fórum Cidadania LX. Faltam ainda 800 euros para concretizar o projecto. Razão pela qual se está a realizar, até 31 de agosto, uma recolha de fundos com esse fim, através de uma plataforma de crowdfunding.

ocorvo_24_julho_2017_01_celeste-vaz-ferreira-casaxangai

Celeste Vaz Ferreira
Casa Xangai

ocorvo_24_julho_2017_02_paulacabral-retrosariabijou

Paula Cabral
Retrosaria Bijou

ocorvo_24_julho_2017_03_teresaruivo-manteigariasilva

Teresa Ruivo
Manteigaria Silva

ocorvo_24_julho_2017_04_dilarpereira-livrariaferin

Dilar Pereira
Livraria Ferin

ocorvo_24_julho_2017_05_joseleallojafabricasantanna

Jose Leal
Loja Fabrica SantAnna

ocorvo_24_julho_2017_06_joselealluvariaulisses

Jose Leal
Luvaria Ulisses

ocorvo_24_julho_2017_07_helenamonteiro-casamacario

Helena Monteiro
Casa Macario

ocorvo_24_julho_2017_08_antonioprocopio-conserveiradelisboa

Antonio Procopio
Conserveira de Lisboa

ocorvo_24_julho_2017_09_luisfrasco-tabacariamartins

Luis Frasco
Tabacaria Martins

MAIS REPORTAGEM

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Send this to a friend