Antiga biblioteca da Paiva Couceiro renasce como centro de apoio a crianças e jovens

ACTUALIDADE
Samuel Alemão

Texto

André Roma/ JFPF

Fotografia

VIDA NA CIDADE

Penha de França

19 Dezembro, 2016


Um lugar onde as crianças e os adolescentes da freguesia da Penha de França poderão conviver, ler, estudar e beneficiar de explicações abre portas na tarde (16h) desta segunda-feira (19 de dezembro), no mesmo edifício onde existiu a antiga biblioteca da extinta freguesia de São João – integrada na nova circunscrição administrativa surgida em 2013. No edifício da Praça Paiva Couceiro, funcionarão, a partir de agora, três valências destinadas aos mais jovens: a Ludobiblioteca – Espaço Penha Jovem e o Centro de Estudos EmPenha-te juntar-se-ão ao Gabinete Apoio ao Desenvolvimento Psicossocial, que já ali estava a operar.

Ludobiblioteca – Espaço Penha Jovem junta, como o nome deixa adivinhar, as características de ludoteca e biblioteca no mesmo sítio, disponibilizando atividades para a animação dos tempos livres de alunos dos 5.º, 6.º e 7.º anos, através das valências de estudo livre e leitura, música, multimédia, wi-fi, jogos e relaxamento. Com capacidade para receber quatro dezenas de utilizadores, que ali acederão a troco do pagamento de cinco euros por mês, o espaço passa a funcionar de acordo com o calendário escolar (entre setembro e julho), assegurando as pausas curriculares.

Antiga biblioteca da Paiva Couceiro renasce como centro de apoio a crianças e jovens

No mesmo edifício, o Centro de Estudos EmPenha-te passará a funcionar como centro de explicações para os jovens de famílias com menores recursos económicos, “dando ênfase às disciplinas transversais aos diversos ciclos de escolaridade”. “Tem como preocupação central o bem-estar dos aprendentes e o desenvolvimento harmonioso das suas aprendizagens. Nesse sentido, abrange várias áreas do seu percurso escolar e é concebido de modo a estimular o desenvolvimento das suas competências cognitivas, emocionais e sociais, procurando proporcionar um ambiente de segurança e conforto, promotor do sucesso escolar”, explica em comunicado a Junta de Freguesia da Penha de França.

Já o Gabinete Apoio ao Desenvolvimento Psicossocial, ao qual se acederá de modo gratuito, garante o apoio psicológico a crianças e adolescentes da freguesia. “A existência do gabinete decorre da necessidade de intervir eficazmente nas problemáticas ligadas ao desenvolvimento da criança. Com este serviço, a Junta de Freguesia visa a criação de condições para um apoio claro e efetivo às crianças e encarregados de educação”, explica a autarquia.

Antiga biblioteca da Paiva Couceiro renasce como centro de apoio a crianças e jovens

Os três novos serviços agora centralizados na Praça Paiva Couceiro são um “contributo da Junta de Freguesia às políticas de apoio às nossas crianças e jovens e, através delas, às famílias da Penha de França”, diz a presidente da junta de freguesia, Sofia Oliveira Dias (PS), num depoimento ao Corvo.

MAIS ACTUALIDADE

COMENTÁRIOS

  • Man Next Door
    Responder

    Antiga biblioteca da Paiva Couceiro renasce como centro de apoio a crianças e jovens https://t.co/roT5sWEXFd

  • Jeovana silva
    Responder

    Boa tarde gostaria de escrever o meu subrinho ele está muito fraco em português.como que eu faço para colocar ele neste apoio ?preciso muito ajuda ele .

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografías 

Paula Ferreira
Fotografía

Margarita Cardoso de Meneses
Dep. comercial e produção

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Send this to a friend