Ainda a memória da inauguração está fresca e já o aspecto é o de um vetusto desleixo. Nada que não seja habitual no nosso país, acostumado que está a descuidar e a abster-se de fazer a manutenção do que tem. Uma pena. Duas semanas após ter sido inaugurada, com a presença de António Costa e grande parte da restante vereação, a intervenção na zona da Ribeira das Naus é tão circulada e vivida com tal naturalidade pelos locais e pelos turistas, que parece existir com este aspecto há já muito tempo. A sempre apregoada, e adiada, relação entre o Tejo e coração do cidade parece aqui frutificar.

 

Mas até por isso, pelo potencial apresentado por tudo o que é novo, acaba por se revelar surpreendente e decepcionante o cenário que ali se observa. A Doca da Caldeirinha, local originalmente construído por volta de 1500 e agora revelado, é, juntamente com a Doca Seca e os relvados onde as pessoa se têm deitado, uma das inegáveis mais-valias da nova Ribeira das Naus. Ou assim seria, se o lençol de água que a enche não se apresentasse já com aspecto fétido. Os turistas, que atravessam o passadiço de madeira entre a recém-inaugurada área e o Terreiro do Paço, debruçam-se sobre o malogrado lago, franzem o rosto e reparam no contraste com as águas também sujas, mas ainda assim agitadas, do Tejo, mesmo nas suas costas.

 

fotografia-322

 

Texto: Samuel Alemão

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografias & Fotografia

Paula Ferreira
Fotografía

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa