RicardoRobles 30Km/h Transportesgratuitos BE Acessibilidade Parquesdissuasores Táxis CDU JoãoFerreira TeresaLeal Coelho Metro PSD Carris Privatizar AssunçãoCristas CDS Metro Menos CO2 Estacionamento FernandoMedina Solar PS Ciclovias Inês Sousa Real PAN Peão Elétricos Transportespúblicos
BE
Ricardo Robles

- Aposta nos transportes públicos.
- Parques de estacionamento gratuito às portas da cidade.
- Mais estacionamentos para os residentes.
- Fazer crescer a rede do Metro e aumentar a sua frequência.
- Passes intermodais acessíveis.
- Mais ruas pedonais e vedadas ao trânsito.
- Alargamento de passeios.
- Zonas de velocidade reduzida 30Km/h.
- Novos meios mecânicos auxiliares à mobilidade pedonal nas zonas mais íngremes da cidade.



PS
Fernando Medina

- Até 2050, impedir a circulação de carros a combustão no centro da cidade.
- Apostar na energia solar no abastecimento do transporte público coletivo.
- Enterrar parte da linha de Cascais com integração na linha de cintura em Alcântara, reforço da capacidade até ao Oriente e enterrar a mesma entre Belém e Alcântara.
- Expandir a Rede de Elétricos – Alargar a Santa Apolónia e a Campolide e elaborar um plano que inclua o Eixo Central da Alta de Lisboa e a reposição na Estrada de Benfica.
- Carris: 250 novos autocarros, contratação de 200 novos motoristas. Frota com emissões zero até 2040.
- Finalizar o programa de criação de 3.000 lugares de estacionamento (lugares de estacionamento dissuasores) localizados fora do centro, com conectividade ao transporte público e tarifários integrados.
- Continuar a expansão da rede de ciclovias até totalizar 200 km (2021). Sistema de bicicletas partilhadas com cerca de 140 estações servidas por 1.500 bicicletas.



PSD
Teresa Leal Coelho

- Gestão integrada da Carris, Metro e Transtejo numa lógica de cooperação intermunicipal.
- Concessionar Metro e Carris a privados.
- Nova linha da Carris com ligação da Avenida Fontes Pereira de Melo até ao Campo Grande.
- Alargamento do Metro após melhoria do serviço de Metro e da Carris.



PAN
Inês Sousa Real

- Prioridade a redes pedonais e cicláveis.
- Transportes públicos movidos a energias renováveis.
- Renovação da rede de elétricos da Carris.
- Garantir o uso dos transportes públicos por cidadãos com mobilidade reduzida.



CDU
João Ferreira

- Intervenção em arruamentos para lhes melhorar a acessibilidade.
- Ampliar as faixas “BUS”.
- Combater o estacionamento em segunda fila.
- Melhorar a qualidade dos transportes públicos, conforto, diminuição dos tempos de viagem, aumento da segurança, da frequência e da capacidade da oferta de transporte.
- Melhorar a integração dos comboios da CP dentro da cidade de Lisboa.
- Acelerar a expansão da rede do metropolitano para Campo de Ourique, Sacavém, Alcântara, Ajuda, Alta de Lisboa, Sapadores e Graça.
- Aumentar a oferta da Carris. Mais carreiras diurnas, à noite e aos fins de semana, diminuir os tempos entre autocarros.
- Rede de eléctricos rápidos.
- Aumentar o uso da bicicleta, incluindo as partilhadas.
- Resolver problemas do sector do táxi.
- Melhorar a acessibilidade e deslocação das pessoas de mobilidade reduzida.
- Transportes públicos mais ecológicos.
- Otimizar a utilização do Porto e do Aeroporto de Lisboa. - Criação de zonas pedonais.
- Mais parques de estacionamento públicos para residentes. Parques dissuasores na periferia.
- Parques de estacionamento para veículos de duas rodas.



PP
Assunção Cristas

- Mais 20 estações de Metro.
- Conselho Municipal da Mobilidade.
- Reduzir o tempo médio diário de viagem casa-trabalho-casa em 10 minutos. E de 25 minutos nos circuitos mais congestionados.
- Aumentar o uso os transportes colectivos em 40%.
- Aumentar a taxa de ocupação dos veículos em 10%, nas horas de ponta.
- Reduzir os atrasos nos transportes colectivos em 40%.
- Reduzir as emissões de CO2 associadas à mobilidade em 30%.