18 de Setembro é dia de ir de bicicleta para o trabalho na cidade de Lisboa

ACTUALIDADE
Samuel Alemão

Texto

Cláudia Silveira

Fotografia

MOBILIDADE

Cidade de Lisboa

21 Agosto, 2015

Para os que ainda não se deixaram convencer pelo uso quotidiano das bicicletas como vulgar meio de transporte, e não apenas uma forma de lazer, o dia 18 de Setembro (sexta-feira) surge como mais uma oportunidade para perder o acanhamento e experimentar tal opção. Inserida na Semana Europeia da Mobilidade (16 a 22 de Setembro), no último dia da qual se assinala o Dia Europeu Sem Carros, a iniciativa “De Bicicleta para o Trabalho- Bike to Work” – organizada pela Lisboa E-Nova – Agência Municipal de Energia-Ambiente e pela Câmara Municipal de Lisboa – convida todas as empresas e instituições sediadas ou com instalações na capital a incentivarem os seus trabalhadores a, nesse dia, deslocarem-se para o local de trabalho no referido meio de transporte.


 

“Com esta iniciativa pretende-se sensibilizar as empresas e os seus colaboradores para a necessidade de reduzir os impactos ambientais da mobilidade urbana, promovendo os meios suaves de mobilidade”, dizem os organizadores da Bike do Work, que este ano conhece a sua quinta edição. A ideia principal da mesma, cujas inscrições estão abertas até 15 de Setembro, é a de que cada entidade consiga convencer o maior número de trabalhadores a utilizarem a bicicleta, competindo entre si para ver quem consegue persuadir mais gente a adoptar essa forma de mobilidade urbana. Para fomentar tal espírito, há até um passatempo, com escalões para entidades de diversas dimensões, para estabelecimentos de ensino e para instituições dos concelhos limítrofes.

 

A 18 de Setembro, os trabalhadores que forem de bicicleta deverão colocar em local visível da sua bicicleta um “identificador” do Bike to Work Day – disponibilizado pela Lisboa E-Nova para impressão, juntamente com as outras peças de comunicação. Após a iniciativa, todos os participantes devem preencher um questionário online e enviar “uma fotografia, foto-montagem ou imagem original” alusiva à acção realizada, até às 18h de 25 de Setembro. Depois, entre 28 de Setembro e 6 de Outubro, haverá uma votação para escolher as imagens mais originais, com um vencedor para cada uma das categorias: escalão A – menos de 15 trabalhadores; escalão B – entre 15 a 50 trabalhadores; escalão C – mais de 50 trabalhadores; escalão D – estabelecimentos de ensino; e Escalão “Também foram de bicicleta”.

 

Mais informações em: http://lisboaenova.org/biketowork2015

MAIS ACTUALIDADE

COMENTÁRIOS

O Corvo nasce da constatação de que cada vez se produz menos noticiário local. A crise da imprensa tem a ver com esse afastamento dos media relativamente às questões da cidadania quotidiana.

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Em paralelo, se as tecnologias cada vez mais o permitem, cada vez menos os cidadãos são chamados a pronunciar-se e a intervir na resolução dos problemas que enfrentam.

Gostaríamos de contar com a participação, o apoio e a crítica dos lisboetas que não se sentem indiferentes ao destino da sua cidade.

Samuel Alemão
s.alemao@ocorvo.pt
Director editorial e redacção

Daniel Toledo Monsonís
d.toledo@ocorvo.pt
Director executivo

Sofia Cristino
Redacção

Mário Cameira
Infografias & Fotografia

Paula Ferreira
Fotografía

Catarina Lente
Dep. gráfico & website

Lucas Muller
Redes e análises

ERC: 126586
(Entidade Reguladora Para a Comunicação Social)

O Corvinho do Sítio de Lisboa, Lda
NIF: 514555475
Rua do Loreto, 13, 1º Dto. Lisboa
infocorvo@gmail.com

Fala conosco!

Faça aqui a sua pesquisa

Send this to a friend